Artigos

COVID-19 E Os Ataques Cibernéticos: 10 dicas de Segurança para suas informações

Por 24 de abril de 2020 Sem comentários

*Mileny Ferreira

Diante do aumento da dependência e evolução das ferramentas digitais dentro da sociedade, o risco de ataques cibernéticos aumentou, um tema pouco abordado, mas de grande importância diante da situação atual em que estamos vivendo.

A proporção da pandemia traz consigo, a dependência da comunicação digital. Para grande parte da população, a internet e os meios digitais têm se tornado o meio mais efetivo para execução de suas atividades dentro do trabalho, como também um canal para informações.

Com a orientação global do isolamento social, o “home office” virou a medida de proteção tomada por diversas empresas, onde chamadas de vídeo, voz e mídias acabam sendo a interação do dia a dia das pessoas, onde as informações oficiais e confidenciais estão sendo disseminados por meios digitais em grande volume.

Infelizmente, com as consequências e desdobramentos da pandemia da Covid-19 os cibercriminosos se aproveitam de episódios globais como esse, e tentam se aproveitar da curiosidade, falta de conhecimento e medo da população para conseguir acesso as informações, hospedar páginas de phishing e vender itens falsificados, enganando usuários. Os termos associados ao Coronavírus acabam sendo aplicados para convencimento destas pessoas mal intencionadas que promovem os ataques de engenharia.

Além dos riscos para o cidadão, que se deparam com os problemas para acessar informações confiáveis sobre a doença, esse tipo de ação criminosa pode dar-se em sérios prejuízos financeiros e atrapalhar o controle da doença.

O que pode ser feito para prevenir roubo de informações e infecções por vírus:

  1. Desative macros em arquivos do Office – é uma forma bastante utilizada para executar malware;
  2. Pense várias vezes antes de abrir links enviados. Verifique a URL e se o site não lhe parecer confiável, não clique;
  3. Faça sua própria busca de informações pela internet. Não clique em links recomendados por e-mail ou qualquer outro tipo de site;
  4. Se atente ao remetente dos e-mails. Mesmo que diga que é da OMS, por exemplo, pode ser qualquer outra pessoa;
  5. Alguns e-mails podem vir com erros gramaticais. Preste atenção, nem todos os cibercriminosos cometem estes erros, mas é algo recorrente;
  6. Não utilize redes públicas para trabalho remoto;
  7. Se a sua empresa disponibilizar, não deixe de se conectar utilizando uma VPN;
  8. Diante de um problema que afeta a informação, é necessário que o usuário crie o hábito de fazer backup, esta técnica pode salvar seus arquivos;
  9. Utilize de senhas fortes, com combinações de números, letras e caracteres sem nenhuma referência a sua empresa ou referências pessoais. Colocar sempre a mesma senha, pode abrir várias brechas. A senha é a porta de entrada de qualquer sistema de segurança;
  10. Não divulgue notícias sem saber a origem.

Desconfiar é uma forma de proteger suas informações. Utilize sempre o senso crítico de segurança em informações recebidas de qualquer procedência.

Portanto busque sempre a origem do conteúdo em diversos canais possíveis.

Conclusão

Os cibercriminosos estão empregando golpes cada vez mais elaborados e sofisticados, afetando muitos usuários durante este período de pandemia.

As dicas listadas acima, são boas práticas para se proteger contra os ataques e vazamentos de dados, mantendo seguro seus dispositivos de pessoais e de trabalho. Neste momento, além de precisarmos mudar nossos hábitos sociais, é necessário também mudar nossos hábitos digitais.

*Mileny Ferreira é GRC and Information Security Consultant da Safeway

Sobre a [SAFEWAY]

A SAFEWAY é uma empresa de Segurança da Informação, reconhecida pelos seus clientes por oferecer soluções de alto valor agregado, através de projetos em Segurança da Informação que atendam integralmente às necessidades do negócio. Nesses anos de experiência, acumulamos, com muito orgulho, diversos projetos de sucesso que nos renderam credibilidade e destaque em nossos clientes, os quais constituem em grande parte, as 100 maiores empresas do Brasil. Hoje através de mais de 17 parcerias estratégicas com fabricantes globais e de nosso SOC, a SAFEWAY é considerada uma one stop shopping com as melhores soluções de tecnologia, processos e pessoas.