Artigos

[TESTE O SECURITY TOWER] Gestão de Vulnerabilidade e Riscos voltado para a área de negócios

By 17 de novembro de 2016 No Comments

Experience Test free: [email protected] 

 

O SAFEWAY SECURITY TOWER foi desenvolvido pelos profissionais especialistas em gestão de vulnerabilidade da [SAFEWAY] que usam toda a sua expertise com a tecnologia do IBM® Security QRadar® Vulnerability Manager.

 

A falta de orçamento para investimento em novas tecnologias não é um problema exclusivo das pequenas e médias empresas. Grandes empresas também têm dificuldade em aprovar o budget para algumas soluções, e isso acontece, pois a área de TI muitas vezes não fala a mesma língua da área de negócio, e ainda, por muitas vezes não consegue mostrar o retorno de investimento na solução.

Os gestores sabem que a tecnologia é um diferencial competitivo, trazendo inovação e eficiência à organização, por outro lado, muitas vezes o investimento necessário é alto e o retorno demorado. Sendo assim, o que é possível fazer para sobreviver? A resposta é entender o negócio.

Uma área de inovação tecnológica dentro da empresa requer muito dinheiro e não é a realidade de todos. Mas o inovar está em enxergar novas possibilidades, alinhada com o objetivo de negócio da empresa, que podem ser facilmente visualizadas com o uso de tecnologias específicas. Nenhum gestor tem dúvida de que a TI ajuda a inovar e acelerar negócios. Por exemplo, quando uma ferramenta possibilita ver todos os gargalos corporativos e onde eles ocorrem, fica muito mais fácil e rápido tomar decisões, gerando mais valor à organização.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA IMPLEMENTAÇÃO DO SECURITY TOWER

 

  • Suporte às decisões com acesso rápido e fácil a informação para alocar recursos e proteger ativos
  • Gestão de vulnerabilidade com base em Key Performance Indicators (KPIs);
  • Centralização dos dados de ameaças possibilitando seguir um processo consistente e repetitivo de remediação de ameaças com alta qualidade e baixo custo;
  • Poder de análise de Big Data para agregar, padronizar e analisar quantidades massivas de dados relacionados à segurança tecnológica;
  • Granularização dos dados, base histórica e mapa de tendências possibilitando relatórios técnicos detalhados e relatórios executivos;
  • Identificação e mitigação de riscos e impactos ao negócio;
  • Aumento da confiança dos clientes e fornecedores;
  • Redução de fraudes;
  • Preservação e aumento da reputação da marca e, consequentemente, vantagem competitiva;
  • Menor probabilidade de vazamento de informações através de uma gestão de vulnerabilidades eficaz e eficiente.

clique-ja

 

 

Leave a Reply