Artigos

Mudanças na política de privacidade do WhatsApp

Por 22 de junho de 2021 Sem comentários

Mudanças na Política de Privacidade do WhatsApp

*Por Fernando Lopes

O WhatsApp é um aplicativo multiplataforma de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones. Além de mensagens de texto, os usuários podem enviar imagens, vídeos e documentos em PDF, além de fazer ligações grátis por meio de uma conexão com a internet, porém o aplicativo passou a notificar seus usuários no começo do ano que a atualização dos seus termos de serviço e de sua política de privacidade passaria por mudanças, entrando em vigor dia 15 de maio. Segundo palavras da empresa, as contas que não fizerem o aceite, não serão deletadas, mas limitarão o uso das ferramentas com o tempo.

Aplicativos mensageiros em ambientes corporativos

Devido a todo este avanço tecnológico, esses dispositivos e aplicativos hoje, nos ajudam em diversas tarefas tanto pessoais quanto profissionais. Porém, como a atuação destes mensageiros deve ser tratada em ambiente corporativo?

Partindo do básico, devem somente utilizar ferramentas homologadas para tais comunicações em ambientes corporativos, pois as informações transmitidas nestes aplicativos não trazem uma real segurança as empresas, de como as informações dela, estão sendo tratadas. Outro ponto importante que empresas podem levar em consideração (em caso de disponibilizarem celular corporativo), é o bloqueio de aplicativos, sendo uma camada adicional de proteção, juntamente com um monitoramento realizado, por exemplo, através da ferramenta MDM. Agregando positivamente na segurança da companhia.

 Mudanças na política de privacidade

Ao inserir novos recursos no aplicativo, o WhatsApp passa também a coletar mais dados dos usuários, alguns deles compartilhados com o Facebook (dono do WhatsApp). Dados como o número de telefone associado ao nome do usuário, marca e o modelo de telefone que utiliza, também serão compartilhados.

Além disso, geraram reações a previsão de compartilhamento dos endereços de Protocolo de Internet (IP), com os quais poderá localizar as conexões de uma pessoa; também de informações sobre pagamentos feitos através do WhatsApp e sobre o tempo gasto no aplicativo. Tendo ainda um ponto de atenção que tais dados não serão divididos apenas com o Facebook, mas também com outras marcas pertencentes à empresa fundada por Mark Zuckerberg, como Instagram e Messenger.

Visão de um Especialista:

 O advogado Luiz Augusto D’Urso, do escritório D’Urso e Borges Advogados Associados, especialista em Direito Digital e professor de Direito Digital no MBA da FGV, explica que, apesar de estar na contramão de uma tendência mundial de proteção de dados, a política não fere diretamente o direito dos usuários pois, de acordo com a LGPD, há a obrigatoriedade da transparência, e o WhatsApp está de fato informando os seus usuários que eles irão utilizar esses dados.

Opções de mensageiros para uso pessoal

Devido a todo este transtorno e mudanças, destaco aqui algumas opções de aplicativos para realizar sua migração, caso estas alterações não sejam do teu agrado:

  • Telegram: O Telegram afirma que gerencia seu armazenamento de mensagens e chaves de descriptografia de uma forma que exigiria ordens judiciais de vários sistemas jurídicos em todo o mundo para poder acessar qualquer um dos seus dados. Oferece suporte para grupos com até 200.000 membros! Oferece suporte sobre todas as notificações que você recebe do aplicativo. Além disso, o limite de tamanho para compartilhamento de arquivos no Telegram é de 1,5GB, qualquer arquivo. Possui política de privacidade, disponível no aplicativo.
  • Signal: O signal é de longe o melhor quando se trata de segurança, seja no back-end ou no lado voltado para o usuário do serviço.  A fim de proteger a privacidade do usuário em todos os sentidos, o Signal desenvolveu uma nova maneira de se comunicar entre o remetente e o destinatário e é chamada de Remetente Selado. Basicamente, com o Sealed Sender, ninguém será capaz de saber, nem mesmo o Signal, quem está enviando mensagens para quem. Também criptografa metadados. Permite que você retransmita chamadas de voz para seus servidores para que sua identidade permaneça oculta de seus contatos. O recurso é um tanto semelhante ao que uma VPN O Signal também oferece uma opção integrada para ocultar seu endereço IP. Além disso, você pode habilitar o tecladoincógnito enquanto digita em Sinal, aplicar o modo escuro, excluir mensagens antigas com um toque e, claro, desfocar rostos e informações privadas de imagens usando seu poderoso editor de fotos. Possui política de privacidade, disponível no aplicativo e atende a GDPR (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados).

Conclusão

 De acordo com a consultoria App Annie, o Signal esteve em primeiro lugar em downloads em 44 países depois de o WhatsApp divulgar a nova política, aplicativo que antes não liderava em nenhum país. Segundo a mesma consultoria, com o Telegram não foi diferente. O aplicativo liderou em mais de 20 países.

Em fevereiro de 2020, o portal europeu Político informou que a Comissão Europeia pediu a seus membros que trocassem o WhatsApp pelo Signal para aumentar a segurança.

Outro ponto importante para ser levado em consideração é que o WhatsApp é propriedade do Facebook e já houve casos, em que dados de usuário do Facebook foram fornecidos, infringindo a privacidade deles. Caso testemunhado pelo mundo, o escândalo da Cambridge Analytica, em que as informações de mais de 50 milhões de pessoas foram utilizadas sem o consentimento delas para fazer propaganda política.

*Fernando Lopes é trainee em GRC da Safeway

 

Sobre a [SAFEWAY]

 SAFEWAY é uma empresa de Segurança da Informação, reconhecida pelos seus clientes por oferecer soluções de alto valor agregado, através de projetos em Segurança da Informação que atendam integralmente às necessidades do negócio. Nesses anos de experiência, acumulamos, com muito orgulho, diversos projetos de sucesso que nos renderam credibilidade e destaque em nossos clientes, os quais constituem em grande parte, as 100 maiores empresas do Brasil.

Hoje através de mais de 22 parcerias estratégicas com fabricantes globais e de nosso SOC, a SAFEWAY é considerada uma one stop shopping com as melhores soluções de tecnologia, processos e pessoas.

A Safeway pode ajudar os clientes a entender melhor suas necessidades de Segurança da Informação, bem como as ferramentas necessárias para detectar, responder e mitigar seus riscos envolvendo ameaças e questões regulatórias. Desta maneira, nossos profissionais e consultores especializados podem auxiliar a eliminar pequenos problemas antes que se tornem grandes. A Gestão de Segurança, Vulnerabilidades e Fraudes analisa ativamente a segurança da sua empresa através de atividades de monitoramento, mitigação de riscos e ataques no ambiente de TI.

 

Vamos tornar o mundo um lugar mais seguro para viver e fazer negócios!