Artigos

O que são exploits, quais os riscos e como se proteger?

Por 9 de janeiro de 2023 Sem comentários

São Paulo/SP – 09 de janeiro de 2023. Exploits são programas ou códigos utilizados para explorar vulnerabilidades de sistemas operacionais, softwares, hardwares e serviços possibilitando a execução de golpes cibernéticos.

*Por Renato Santos

Exploits são programas ou códigos utilizados para explorar vulnerabilidades de sistemas operacionais, softwares, hardwares e serviços possibilitando a execução de golpes cibernéticos.

De maneira geral, vulnerabilidades existem por uma falha no processo de desenvolvimento do software, serviço e até na arquitetura do sistema. Geralmente um exploit é usado para fins maliciosos na execução de códigos que estão dentro de um payload para trazer informações de senhas, carregar vírus, parar um sistema e negar serviços. Vale ressaltar que um exploit não é um malware em si, mas um
meio utilizado por pessoas má intencionadas e cibercriminosos para a execução de golpes e conseguir acessar o ambiente tecnológico de sua empresa.

Tipos comuns de Exploits:

Exploits conhecidos: Esses já foram descobertos pelos pesquisadores da área de segurança cibernética e já foram encontradas e aplicadas as correções para as vulnerabilidades por meio de atualizações disponibilizadas pelos desenvolvedores. Existem bases de dados de exploits conhecidas como o https://www.exploit-db.com/

Exploits desconhecidos:
Esses são chamados de zero day sendo  mais graves pois são criados por hackers assim que descobrem uma nova vulnerabilidade que é desconhecida pelos criadores dos sistemas. Quando um ataque de zero day acontece, os desenvolvedores têm que correr contra o tempo para descobrir a causa raiz da vulnerabilidade e lançar um patch de atualização com a resolução do problema.

Quais as consequências após uma invasão?

Após a descoberta da vulnerabilidade e execução do exploit, pode haver consequências gravíssimas como:

  • Acesso total ao ambiente afetado, com possibilidade de execução de técnicas para escalação de privilégios e movimentação lateral;
  • Vazamento de documentos importantes e confidenciais;
  • Vazamento de dados pessoais e dados pessoais sensíveis de colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros de negócio;
  • Venda de dados no mercado negro;
  • Sequestro de dados, fazendo uma criptografia de todos os arquivos e exigindo pagamento para tê-los de volta.

Como se proteger?

Abaixo listamos algumas dicas para que você e sua empresa possam se proteger contra essa e outras ameaças cibernéticas.

  • Manter os sistemas da companhia sempre atualizados com os patches de segurança mais recentes disponibilizados pelos fabricantes;
  • Ter uma arquitetura de redes segmentadas no ambiente, evitando que em caso de uma exploração por exploits, haja movimentação do agente atacante;
  • Implementar um sistema de IDS e IPS, para monitorar a rede, detectar possíveis ameaças e responder aos ataques;
  • Implementar um Antivírus EDR para monitorar terminais e servidores na detectação de vírus e outros tipos de ameaças, reagindo rapidamente ao ataque;

Considerações Finais:

Diante do cenário atual com relação a cibersegurança e com a crescente onda de ataques e ameaças cibernéticas, torna-se fundamental elevar o grau de maturidade de segurança das informações de sua empresa considerando tanto aspectos tecnológicos quanto processuais e aspectos voltados a conscientização de seus colaboradores de maneira geral.

— Renato Santos é Consultor de Segurança da informação na [SAFEWAY]

 

Como podemos Ajudar?

SAFEWAY é uma empresa de consultoria em Segurança da Informação reconhecida pelos seus clientes por oferecer soluções de alto valor agregado por meio de projetos que atendam integralmente às necessidades do negócio. Em 14 anos de experiência, acumulamos diversos projetos de sucesso que nos renderam credibilidade e destaque em nossos clientes, os quais constituem em grande parte as 100 maiores empresas do Brasil.

Hoje por meio de 25 parcerias estratégicas com fabricantes globais e de nosso SOC, a SAFEWAY é considerada uma one stop shopping com as melhores soluções de tecnologia, processos e pessoas. Possuímos tanto a habilidade técnica quanto a experiência necessária para auxiliar sua empresa no processo de estruturação de controles e preparação do ambiente para implantação de SGSI, SGS ou SGCN e, consequentemente, certificação de operações, serviços ou empresas as normas ISO27001, ISO20000 ou ISO22301.

Com o intuito de apoiar as empresas nesse processo de avaliação e adequação aos requisitos da LGPD, a [SAFEWAY] possui em seu portfólio de serviços, o Cybersecurity Health Check cujo objetivo é executar um diagnóstico dos controles de CyberSecurity, Segurança da Informação e Privacidade de Dados implementados na sua empresa, contemplando os pilares de ProcessosPessoas e Tecnologia.

Por meio do Cybersecurity Health Check, são identificados os riscos associados a segurança da informação e privacidade dos processos e atividades internas, os controles existentes e avaliados novos controles de acordo com o porte de sua organização para aumentar o nível de maturidade e compliance, de acordo com as boas práticas de segurança da informação. Caso deseje mais informações, entre em contato com um de nossos especialistas!