Artigos

Relatório Anual Cisco de Cibersegurança 2018

Por 4 de maio de 2018 Sem comentários

Veja as tendências de segurança importantes e a inteligência contra ameaças cibernéticas mais recentes.

Descubra insights de segurança e descobertas importantes, baixe o relatório de cybersegurança oficial da Cisco

Principais pontos abordados no relatório:

  • Evolução do malware
    O malware está se tornando mais perigoso. E mais difícil de combater. Agora enfrentamos tudo, desde worms de ransomware pela rede até malwares devastadores. Ao mesmo tempo, os adversários estão ficando mais habilidosos na criação de malware que pode escapar do sandboxing tradicional.

 

  • Tráfego da Web criptografado e mal-intencionado
    50% do tráfego da Web global foi criptografado a partir de 2017. O objetivo da criptografia é aprimorar a segurança. Mas também fornecer agentes mal-intencionados com uma ferramenta eficiente para ocultar a atividade de comando e controle. Esses agentes têm mais tempo para causar danos.

 

  • Aumento da inteligência artificial (AI)
    A criptografia também reduz a visibilidade. Mais empresas estão se voltando para a máquina de aprendizagem e a inteligência artificial. Com esses recursos, elas podem detectar padrões incomuns em grandes volumes de tráfego da Web criptografado. As equipes de segurança podem investigar ainda mais.

 

  • Os “ataques de pico” crescem em complexidade, frequência e duração.
    Em um estudo, 42% das empresas passaram por esse tipo de ataque DDoS em 2017. Na maioria dos casos, os picos recorrentes duraram apenas alguns minutos.

 

  • Ameaças internas: alguns usuários invasores podem ter um grande impacto.
    Apenas 0,5% dos usuários foram sinalizados em downloads suspeitos. Na média, esses usuários suspeitos foram responsáveis por 5.200 downloads de documentos.

 

  • Muitos domínios novos estavam ligados a campanhas de spam.                                                                   A maioria dos domínios mal-intencionados que analisamos, aproximadamente 60%, estava associada a campanhas de spam.

 

  • Mais ataques TO e IoT estão no horizonte.
    31% dos profissionais de segurança afirmaram que as empresas já passaram por ataques cibernéticos na infraestrutura de TO.

 

  • A segurança é vista como um benefício essencial de hospedar redes na nuvem.
    Está crescendo o uso da infraestrutura em nuvem pública e no local. A segurança é o benefício mais comum de hospedar redes na nuvem, afirmam os entrevistados da equipe de segurança.

Baixe aqui o relatório completo:

Deixe uma resposta