Artigos

Segurança de dados e personalização do consumo destacam negócios no mercado digital

Por 30 de agosto de 2021 Sem comentários

Escrito por: Thais Cipollari – Fonte: https://www.segs.com.br/

Evento: Preocupação com segurança na transferência de dados pessoais e a administração sensível das informações para a construção da experiência individualizada do cliente foram destaque no Score Summit 2021

A privacidade é a base da liberdade. Precisamos ser donos dos nossos dados e ter poder para decidir para onde eles vão, em segurança. A reflexão foi feita na manhã desta terça-feira (24), por Don Tapscott, um dos mais influentes escritores do mundo, autor de 13 livros (traduzidos para mais de 25 idiomas), pesquisador, palestrante, consultor especializado em estratégia corporativa e “pai” do Blockchain, durante o primeiro dia do Score Summit 2021, evento organizado pela proScore, com a B3 como co-host.

A primeira parte do evento foi marcada pela discussão sobre a importância da segurança das informações pessoais para o sucesso das plataformas Open, considerando o aumento da competitividade entre as empresas, a maior cobertura e abrangência dos serviços, a adequação dos produtos às realidade individuais dos clientes e o aumento do protagonismo dos consumidores frente às decisões tomadas nos respectivos projetos financeiros.

“Precisamos ser donos dos nossos dados e gerirmos eles por conta própria. Decidir pra onde eles vão. Os nossos dados nos representam e são a base do indivíduo autônomo, que precisa escolher o que quer e como quer seus produtos e serviços. Essa é uma questão tão importante quanto a climática, no Brasil. Estamos repensando nossos contratos sociais a partir da forma como protegemos e compartilhamos nossos dados”, complementou Tapscott.

Para o Brasil, o chefe de Departamento de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central, João André Pereira, assegurou, durante o evento, que a troca de informações de usuários entre as instituições financeiras, proposta pelo Open Banking, terá segurança garantida também pelo Governo Federal. “O escopo de participantes do Open Banking são instituições reguladas pelo Banco Central, estão no perímetro regulatório, com todo o rigor de gestão de risco, de respeito à política de segurança cibernética e todo o acompanhamento que o Banco Central faz com esses participantes”, explicou.

Os especialistas convidados pelo Score Summit 2021 discutiram o ambiente regulatório do país e a importância da segurança na transferência e coleta de dados para o sucesso dos sistemas de Open Banking e Open Insurance, seja pensando na saúde do ambiente de negócios ou na garantia de benefícios aos usuários.

“No campo do Open Insurance há um mar de possibilidades no que discutimos hoje, mas é preciso uma revisão regulatória séria para que possamos ofertar cada vez mais serviços. O Open Insurance e a troca de dados não acompanhados de uma mudança regulatória, certamente não alcançarão os objetivos que pretendemos, inclusive com a criação de acesso a serviços que são essenciais. Tudo precisa ser feito com bastante parcimônia e sempre, até porque estamos em dois mercados que sofre muito com fraudes”, acrescentou Ricardo Ramires, diretor de operações Médicas de Mercados de Regulação na SAMI.

A preocupação do mercado com os dados pessoais é latente devido a um dos principais diferenciais do segmento Open, que é a possibilidade de personalização. Segundo os analistas convidados para o Score Summit, a troca de informações entre as instituições é o que poderá garantir que os serviços e produtos ofertados pelas empresas possam ter mais aproximação com as demandas individuais, inclusive permitindo aos clientes a combinação de instrumentos dentro de um pacote totalmente original.

“É importante observar que até o relacionamento dos bancos com as fintechs está mudando ,porque a parceria é fundamental, pensando justamente nesse diálogo de informações. Quanto mais pudermos nos unir, trabalhar juntos, para oferecer um bom produto, mais inteligentes estaremos sendo no todo. A gente pensa na união”, comentou Carolina Gladyer Rabelo Saches é diretora de ESG, Jurídica e Institucional da ABBC – Associação Brasileira de Bancos

Personalização

No segundo dia do Score Summit, nesta quarta-feira (25), o destaque foram a inteligência e a sensibilidade humanas para a administração de dados pessoais como chave para aumentar a competitividade dos negócios. Saber como ler, organizar e utilizar as informações dos clientes para a construção de produtos e serviços altamente customizáveis, sem desconsiderar a multiplicidade de realidades, pontos de vistas e comportamentos é o que levará os novos e antigos empreendimentos ao próximo nível em mercados, que voltaram a priorizar o relacionamento mais próximo e personalizado.

Os painelistas sublinharam as tendências que apontam para uma maior capilaridade das empresas, agora explorando a customização das ofertas para ampliar seus espaços de atuação e alcançar outras oportunidades de contratos e vendas. Tudo a partir do conhecimento acumulado e ordenado de pessoas que em alguns casos sequer conheciam as marcas.

“Gerir uma empresa, hoje, significa entender como funcionam as pessoas e não apenas os negócios. Precisamos transformar um banco de dados em um banco de fatos. As pessoas buscam a individualização do que consomem, querem produtos e serviços que estejam combinados com a sua personalidade, com as suas vontades. É o que esperam por compartilhar seus dados. O big data é o motor de tudo isso, mas a relação humana é o que fará a diferença para esse tipo de contato. A tecnologia é apenas a commodity”, comentou Walter Longo, sócio-diretor da Unimark Comunicação.

Facilidade, simplicidade, flexibilidade e individualização são os novos instrumentos de relacionamento que precisam ser assimilados pelas organizações A tecnologia alterou as expectativas dos clientes, que agora esperam mais personalização, menos burocracia e mais inteligência no consumo de produtos e serviços. Essa mudança no comportamento se deu graças ao compartilhamento de dados.

“O processo de digitalização já ocorreu, e as empresas que não o fizeram precisam acelerar essa etapa, inclusive com empresas que podem fazer a ponte com esse novo momento. Agora, é aproveitar os dados com o foco em conseguir oferecer a melhor experiência para o cliente. Assim, é possível pensar em alavancar os negócios, mas sempre, claro, atento aos resultados financeiros e analisando, sempre, o contexto. Acho que a principal virada, aliás, é entender a análise de contexto. Analisar o contexto do indivíduo, saber o que ele quer”, comentou Marcelo Queiroz, head de Estratégia de Mercado da ClearSale.

Sobre o Score Summit

O Score Summit 2021 reuniu mais de 20 especialistas (confira a lista completa) renomados da área financeira e de tecnologia para discutir onboarding digital, antifraude, open banking e open finance, portabilidade de dados e scoragem setorial como agro, marketing e utilities. O evento teve duas agendas de painéis, nos dias 24 e 25 de agosto, e foi transmitido gratuitamente pelo canal oficial da proScore no Youtube.

 

Sobre a [SAFEWAY]

SAFEWAY é uma empresa de Segurança da Informação, reconhecida pelos seus clientes por oferecer soluções de alto valor agregado, através de projetos em Segurança da Informação que atendam integralmente às necessidades do negócio.

Nesses anos de experiência, acumulamos, com muito orgulho, diversos projetos de sucesso que nos renderam credibilidade e destaque em nossos clientes, os quais constituem em grande parte, as 100 maiores empresas do Brasil.

Hoje através de mais de 23 parcerias estratégicas com fabricantes globais e de nosso SOC, a SAFEWAY é considerada uma one stop shopping com as melhores soluções de tecnologia, processos e pessoas.

A SAFEWAY pode ajudar sua organização através do SAFEWAY SECURITY TOWER uma cadeia de serviços completa para que suas operações continuem a serem monitoradas e protegidas por um time altamente especializado. Nosso SOC funciona em regime 24×7, contando com uma equipe técnica de alta performance e ferramentas para auxiliar a sua organização na identificação e resposta a incidentes de forma preditiva e reativa, mantendo o seu negócio seguro e monitorado em todos os momentos.

Vamos tornar o mundo um lugar mais seguro para viver e fazer negócios!