Artigos

LGPD & Gestão dos Dados

Por 20 de novembro de 2020 Sem comentários

*Gerson Lemos

Infelizmente há muitas empresas que ainda não se deram conta da importância em relação a proteção de dados pessoais. A segurança dos dados é necessária, e garante os direitos e liberdades das pessoas em relação à proteção de dados pessoais.

Mesmo nesse início, a LGPD já impacta as empresas que fazem uso de dados pessoais, seja por exigências externas, para dar sequencias a acordos e negociações; seja pela pressão de entidades e órgãos públicos, para que haja eficácia no cumprimento da lei.

Certamente a LGPD vem trazendo mudanças consideráveis para todos aqueles que atuam  no tratamento de dados pessoais.

Importância da gestão e responsabilidade dos dados

Dados devem ser considerados por nós como o novo petróleo, por isso devemos tratá-los com responsabilidade e de forma integra e com conformidade, sendo questões prioritárias para qualquer empreendedor, empresa, entidade ou instituição.

O Data Protection Officer (DPO) ou encarregado, é o responsável por atender as demandas dos titulares, interagir com a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) e orientar funcionários e contratados quanto às práticas de proteção de dados pessoais. Sendo o papel dele muito importante, atender as regras relacionadas a lei e ser espelho para os responsáveis pelos tratamentos de dados pessoais. O DPO, é de fundamental importância no cumprimento da legislação e na segurança da informação, funcionando como canal entre a empresa e os titulares dos dados coletados, também fazendo uma ponte com as autoridades reguladoras, garantindo que as determinações estipuladas pela LGPD sejam cumpridas, evitando problemas de uso inadequado de dados.

Resultados de uma gestão eficiente dos tratamentos dos dados

Tendo uma gestão eficiente do tratamento dos dados e das informações, evitaremos assim que infrações e sanções sejam aplicadas e que a transparência possa ser notória na organização. Além disso, evitaremos vazamentos e violações, mantendo assim a segurança, proteção e privacidade dos dados pessoais.

É possível trazer resultados significativos para a empresa e evitar riscos e prejuízos nas corporações pois, a falta de proteção de dados e informações em uma empresa ou corporação impacta negativamente nessas questões.

Conclusão

Ter uma gestão dos dados bem eficiente relacionada a LGPD nas empresas, é pensar no futuro longe de prejuízos e inconformidades, que podem trazer resultados irreparáveis, perdas e impactos negativos relacionados aos dados pessoais. Assim os titulares terão uma visão positiva e assim poderão certamente confiar em deixarmos tratar os dados pessoais deles, sem restrições. Vamos tratar dados como valores preciosos e buscar sempre formas de agregar mais proteção a esses itens, buscando novos meios de estar em conformidade, conscientizando a todos da importância da proteção e privacidade dos dados pessoais.

*Gerson Lemos é consultor GRC and Information Security Consultant da [SAFEWAY]